Participação Social e Políticas Públicas

A série editorial Participação Social & Políticas Públicas é destinada à disseminação de produções científicas e técnicas no campo temático da participação social na saúde e nas demais políticas públicas, na perspectiva da democratização, das inovações institucionais e do alcance de direitos humanos. A participação da sociedade, nas diferentes denominações que compõem a base epistêmica em diferentes países e disciplinas, é abordada por meio de análises interdisciplinares, de relatos de experiências, de ensaios teóricos e empíricos e, sobretudo, pelas pessoas que atuam no cotidiano dos conselhos e conferências de saúde e demais políticas públicas, nos diferentes movimentos sociais que atuam no segmento dos direitos humanos e inclusão das diversidades humanas nas políticas públicas e na defesa dos sistemas de saúde universais e das vidas de todas e todos. A série publica prioritariamente as perspectivas epistêmicas e pragmáticas emergentes do exercício da participação, assim como abordagens que apresentam alternativas às lógicas tecnoburocráticas de ação do estado, como forma de contribuição para a renovação das abordagens teóricas e metodológicas. Podem compor a série produções autorais ou coletâneas temáticas, na língua portuguesa dos diferentes países lusófonos ou qualquer das línguas modernas, inclusive em composições de idiomas diversos, com experiências de diferentes países. A série incorpora as produções originarias da cooperação com o Conselho Nacional de Saúde do Brasil, com apoio da Organização Pan-americana da Saúde, e do Observatório de Participação, do Governo Regional da Emília Romana, na Itália. 

Coordenação editorial:

Alcindo Antônio Ferla (UFRGS, Rede Unida, Brasil), Maria Augusta Nicoli (Bolonha, Itália), Gabriel Calazans Babtista (Rede Unida, UFPA, Brasil), Márcia Fernanda de Méllo Mendes (IFRGS, URV/Espanha), Priscilla Viegas (CNS, Brasil) e Francesca Paron (Região da Emília Romagna, Bolonha, Itália).

Compartilhe: