Drogas e Direitos Humanos: Reflexões em Tempos de Guerra às Drogas

Sobre a Obra

Ao final da leitura dos artigos que compõem este livro, não só aprofundei minha convicção de que a legalização das drogas ilícitas – e, em especial, a da maconha – é o melhor caminho para garantir simultaneamente saúde e segurança pública de qualidade, o respeito às liberdades individuais e os direitos humanos, como também ampliei meu repertório de argumentos em favor desse caminho. O Brasil precisa mudar o paradigma. Hoje o país é um importante corredor do tráfico internacional, as redes de tráfico operam livremente no país, beneficiadas pela corrupção policial. Nas comunidades carentes, as crianças, sem educação e sem perspectiva, veem no tráfico uma forma de mobilidade social. E quem é preso é sempre aquele jovem que atua no varejo, nunca o grande traficante que alimenta a corrupção e a violência e leva o dinheiro para os paraísos fiscais. Ou seja, as políticas atuais jamais surtirão efeito, como hoje não surtem. Se avaliarmos a eficiência dessas políticas em relação ao dinheiro empregado nelas e os danos terríveis que causaram, o erro fica evidente.

Organizadores: Marcelo Dalla Vecchia, Telmo Mota Ronzani, Fernando Santana de Paiva, Cassia Beatriz Batista, Pedro Henrique Antunes Costa
ISBN: 978-85-66659-76-4
DOI: 10.18310/9788566659764

Compartilhe:


PDF

0 comentários

Enviar um comentário



O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *