Redes Intelectuais: epistemologias e metodologias negras, descoloniais e antirracistas

Sobre a Obra

O terceiro volume de nossa Série Pensamento Negro Descolonial, “Redes Intelectuais: epistemologias e metodologias negras, descoloniais e antirracistas”, intensifica um princípio suleador às atividades do Núcleo de Estudos e Pesquisas E’léékò, assim como a ideia contemporânea de pensamento amefricano, em sua circulação: a ideia de rede ou, particularmente, a ideia de redes intelectuais. Dentro do que temos buscado em nossas construções de redes intelectuais amefricanas, publicações como a presente Série oferecem condições para compreender um pouco da potência dessas redes intelectuais produzidas entre Brasil e Améfrica Ladina, entre nosotros y nuestros Otros, considerando o que tem sido proposto como novos problemas modelares em nossa comunidade científica: Com que parcerias trabalhamos? Com quem aprendemos e construímos? Quem citamos e compartilhamos? Como intensificamos, melhoramos nossos modos de compartilhar conhecimentos amefricanos?

E, – pergunta rediviva, em nosso ofício – para que(m) servem? Cada capítulo deste volume, em perspectiva transdisciplinar, trata a esta pergunta, necessária, desde um lugar de enunciação onde somos sujeitas/os cognoscentes e onde percebemos a quens investigamos, com quens aprendemos, desde quens observamos o mundo e, nos mostramos agentes sobre ele; desde um lugar de enunciação no qual as/os concebemos, igualmente, como sujeitas/os cognoscentes. Nosso volume, ora em anunciação, diz respeito, o tempo todo, em cada capítulo, a um fazer-ciência desde sujeitas/os amefricanas/os, em uma construção contra-hegemônica sobre os modos de produzir conhecimento.

Mês e ano de publicação: julho de 2021

Organizadores: Míriam Cristiane Alves e Alcione Corrêa Alves
ISBN: 978-65-87180-48-9
DOI: 10.18310/9786587180489

Compartilhe:


PDF

0 comentários

Enviar um comentário



O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *